terça-feira, 20 de setembro de 2016

Últimas vagas para o Acampamento com Sifu Salem Assli


Faltam menos de 3 dias para o início do 2º Acampamento da AFJKD et Kali no Brasil! Serão 4 dias de muito treino, instrução e troca de experiências com o Sifu/Guro Salem Assli, presidente da Associação.

NOVIDADES!!!
Atendendo a pedidos, a Associação Kali Rio está oferecendo a possibilidade de participação em apenas 1 dia do evento, com a inscrição no valor de R$300,00.
Além disso os casais que participarem do evento recebem um desconto de 50% na inscrição do cônjuge. Imperdível!

Sifu Salem Assli é um experiente artista marcial. Aluno há mais de 30 anos do Guro Dan Inosanto, um dos grandes nomes da história das artes marciais, Salem coleciona em seu currículo experiência em: Jun Fan Gung Fu, Jun Fan Kick Boxing, Jun Fan Trapping, Jeet Kune Do, Filipino Martial Arts (Arnis - Kali - Escrima), Silat Madjapahit, Thai Boxe, Krabi Krabong, Boxe Française Savate, Canne et le bâton de Combat, Shoot Wrestling, Brazillian Jiu Jitsu e Capoeira.

O Kali Rio é um grupo criado na cidade do Rio de Janeiro, que se dedica ao ensino e divulgação da Arte Marcial Filipina e disciplinas relacionadas. O Kali Rio é registrado como clube oficial de AFJKD et Kali (Associação Francesa de Jeet Kune Do e Kali)e da C.A.B.F.S (Associação de Boxe Francês – Savate da Califórnia) no Brasil.

Será um grande evento no Rio de Janeiro!
Uma oportunidade imperdível para os praticantes de artes marciais do Brasil, aprenderem um pouco mais com um dos maiores nomes da atualidade.

O local será no Centro de treinos Kali Rio na Zona Norte:
Academia Fênix
R. Leite de Abreu, 25 - Tijuca
(5 min. do Metrô Uruguai)

Valores para o Acampamento de Treino:

Oferecemos valores diferenciados para quem deseja participar do Acampamento Completo de 4 dias ou para quem deseja apenas fazer 2 dias de Acampamento.

Camp 4 dias: R$ 700,00
Camp 2 dias: R$ 500,00
Camp 1 dia: R$ 300,00

Promoções para grupos:

Aqueles que trouxerem outras pessoas para se inscrever no seminário (e que efetivem a inscrição com o pagamento), receberão desconto em sua inscrição pessoal. Trazendo 4 pessoas o desconto será de 50% e caso traga 8 pessoas a sua inscrição será gratuita.

Promoções para cais:
Desconto de 50% na inscrição do conjugue.

Serviço:
Acampamento AFJKD et Kali – Brasil no Rio de Janeiro
Dias 23, 24, 25 e 26 de Setembro de 2016
Inscrições e informações: contato@kalirio.com.br
http://www.kalirio.com.br/

Link do evento no Face:
https://www.facebook.com/events/897797200329280/


Últimas vagas para o Acampamento com Sifu Salem Assli


Faltam menos de 3 dias para o início do 2º Acampamento da AFJKD et Kali no Brasil! Serão 4 dias de muito treino, instrução e troca de experiências com o Sifu/Guro Salem Assli, presidente da Associação.

NOVIDADES!!!
Atendendo a pedidos, a Associação Kali Rio está oferecendo a possibilidade de participação em apenas 1 do evento, com a inscrição no valor de R$300,00.
Além disso os casais que participarem do evento recebem um desconto de 50% na inscrição do conjugue. Imperdível!

Sifu Salem Assli é um experiente artista marcial. Aluno há mais de 30 anos do Guro Dan Inosanto, um dos grandes nomes da história das artes marciais, Salem coleciona em seu currículo experiência em: Jun Fan Gung Fu, Jun Fan Kick Boxing, Jun Fan Trapping, Jeet Kune Do, Filipino Martial Arts (Arnis - Kali - Escrima), Silat Madjapahit, Thai Boxe, Krabi Krabong, Boxe Française Savate, Canne et le bâton de Combat, Shoot Wrestling, Brazillian Jiu Jitsu e Capoeira.

O Kali Rio é um grupo criado na cidade do Rio de Janeiro, que se dedica ao ensino e divulgação da Arte Marcial Filipina e disciplinas relacionadas. O Kali Rio é registrado como clube oficial de AFJKD et Kali (Associação Francesa de Jeet Kune Do e Kali)e da C.A.B.F.S (Associação de Boxe Francês – Savate da Califórnia) no Brasil.

Será um grande evento no Rio de Janeiro!
Uma oportunidade imperdível para os praticantes de artes marciais do Brasil, aprenderem um pouco mais com um dos maiores nomes da atualidade.

O local será no Centro de treinos Kali Rio na Zona Norte:
Academia Fênix
R. Leite de Abreu, 25 - Tijuca
(5 min. do Metrô Uruguai)

Valores para o Acampamento de Treino:

Oferecemos valores diferenciados para quem deseja participar do Acampamento Completo de 4 dias ou para quem deseja apenas fazer 2 dias de Acampamento.

Camp 4 dias: R$ 700,00
Camp 2 dias: R$ 500,00
Camp 1 dia: R$ 300,00

Promoções para grupos:

Aqueles que trouxerem outras pessoas para se inscrever no seminário (e que efetivem a inscrição com o pagamento), receberão desconto em sua inscrição pessoal. Trazendo 4 pessoas o desconto será de 50% e caso traga 8 pessoas a sua inscrição será gratuita.

Promoções para cais:
Desconto de 50% na inscrição do conjugue.

Serviço:
Acampamento AFJKD et Kali – Brasil no Rio de Janeiro
Dias 23, 24, 25 e 26 de Setembro de 2016
Inscrições e informações: contato@kalirio.com.br
http://www.kalirio.com.br/

Link do evento no Face:
https://www.facebook.com/events/897797200329280/


sábado, 17 de setembro de 2016

1 Semana para o 2º Acampamento AFJKD e Kali


ATENÇÃO RIO DE JANEIRO!!!

ESTÁ CHEGANDO A HORA!!!



O evento organizado pelo grupo Kali Rio será o segundo do gênero a ser realizado pela AFJKD na América Latina. Os organizadores esperam proporcionar a integração marcial entre praticantes.

Os acampamentos de treino, muito populares na Europa e nos Estados Unidos, são eventos de no mínimo quatro dias onde os praticantes tem a oportunidade de vivenciar a imersão marcial: treinando, comendo e dormindo na presença de outros praticantes e de seu instrutor.

Sifu Salem Assli é um experiente artista marcial. Aluno há mais de 30 anos do Guro Dan Inosanto, um dos grandes nomes da história das artes marciais, Salem coleciona em seu currículo experiência em: Jun Fan Gung Fu, Jun Fan Kick Boxing, Jun Fan Trapping, Jeet Kune Do, Filipino Martial Arts (Arnis - Kali - Escrima), Silat Madjapahit, Thai Boxe, Krabi Krabong, Boxe Française Savate, Canne et le bâton de Combat, Shoot Wrestling, Brazillian Jiu Jitsu e Capoeira.

O Kali Rio é um grupo criado na cidade do Rio de Janeiro, que se dedica ao ensino e divulgação da Arte Marcial Filipina e disciplinas relacionadas. O Kali Rio é registrado como clube oficial de AFJKD et Kali (Associação Francesa de Jeet Kune Do e Kali)e da C.A.B.F.S (Associação de Boxe Francês – Savate da Califórnia) no Brasil.

Será um grande evento no Rio de Janeiro!
Uma oportunidade imperdível para os praticantes de artes marciais do Brasil, aprenderem um pouco mais com um dos maiores nomes da atualidade.

O local será no Centro de treinos Kali Rio na Zona Norte:
Academia Fênix
R. Leite de Abreu, 25 - Tijuca
(5 min. do Metrô Uruguai)

Valores para o Acampamento de Treino:

Oferecemos valores diferenciados para quem deseja participar do Acampamento Completo de 4 dias ou para quem deseja apenas fazer 2 dias de Acampamento.

Camp 4 dias: R$700,00
Camp 2 dias: R$500,00

Este ano também iremos oferecer a possibilidade de pagamento em doláres:

Camp 4 days: $200,00
Camp 2 days: $150,00

Promoções para grupos:

Aqueles que trouxerem outras pessoas para se inscrever no seminário (e que efetivem a inscrição com o pagamento), receberão desconto em sua inscrição pessoal. Trazendo 4 pessoas o desconto será de 50% e caso traga 8 pessoas a sua inscrição será gratuita.

O Pagamento do valor de participação pode ser feito de uma só vez ou no máximo em até 6x (de Abril a Setembro).

Serviço:
Acampamento AFJKD et Kali – Brasil no Rio de Janeiro
Dias 23, 24, 25 e 26 de Setembro de 2016
Inscrições e informações: contato@kalirio.com.br
http://www.kalirio.com.br/

Link do evento no Face:
https://www.facebook.com/events/897797200329280/




quarta-feira, 14 de setembro de 2016

World FMA Unity Gathering


No próximo dia 24 de setembro, acontecerá nas o Encontro Mundial de FMA em prol do Ato Republicado 9850 - que oficializa o Arnis Kali como Arte Marcial e Esporte Nacional das Filipinas! Um evento épico que está sendo liderado pelo GM Shishir Inocalla!

Em breve mais notícias sobre esse grande evento, que promete revolucionar o mundo do FMA!



segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Curso de Facas & Bastão Expansivo


No dia 8 de outubro a cidade de Pelotas receberá o curso de "Resposta Tática com Facas & Bastão Expansivo", ministrado pelo Guro Alessandro Lucas, um dos maiores nomes do Arnis Maharlika no Brasil. Oportunidade única! Inscrições podem ser feitas através do e-mail contatogiat@gmail.com


sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Sama Sama 2016


A edição 2016 do Sama Sama aconteceu nos dias 14 a 17 de julho. O evento é promovido pela Academia Magka-Isa e busca aproximar os praticantes de Arte Marcial Filipina do Brasil além de trazer à tona temas pertinentes ao debate da prática e ensino das Artes Marciais.
A edição desse ano foi concorridíssima, tivemos a presença de Datu Shishir Inocalla, que enfocou nos diversos fundamentos do Arnis Kali Maharlika e convidou os participante a irem além, desenvolvendo o flow em diversos exercícios e drills do Modern Arnis e trazendo conceitos de técnicas avançadas, como o Dekita.
Durante o evento também tivemos uma reunião de Guros e Instrutores de FMA, onde foram abordados temas estratégicos como o futuro do FMA dentro e fora das Filipinas e a organização da International Arnis Kali Association.

Como sempre atônica do evento foi a camaradagem, alegria e intercâmbio tivemos a presença de outras escolas, ficando nosso agrdecimento ao Kali Silat Brasilia na figura do Guro Alberto Guerra.
O Sama Sama também contou com exames de faixa preta que após uma intensa manhã, com muito suor e calor, foram aprovados conforme lista abaixo. Importante reforçar que todos os testes foram realizados sob o olhar atento dos mestre Dada Inocalla e Datu Shishir Inocalla com auxílio dos guros Miguel Queiroz, Maurício Viegas e Ricardo Nakayama.
Depois de todas essas etapas foram entregues os certificados de presença e a certeza que cada participante voltaria para sua casa com uma mochila cheia não apenas de rattans e uniformes sujos, mas carregada de conhecimento, bons momentos e imbuidos do verdadeiro espírito do FMA.
Ao final do evento alguns participantes foram agraciados com certificados de Agradecimento do Arnis Maharlika, por todo o seu trabalho e dedicação a escola. Foram eles: Guro Miguel Queiroz, Guro Ricardo Nakayama, Guro Marcus Lopes, Guro Adam Ainsley, Guro Alessandro Lucas, Guro Tales de Azevedo, Guro Felipe de Paulo, Instrutor Paulo Pereira, Guro Paulo Burgos e ao anfitrião do evento, o arnista Ross Deverson.
Um surpresa aos mestres, foi a solenidade feita pelo Escoteiros do Brasil aos mestres Shishir e Dada Inocalla – ambos escoteiros durante a sua infância nas Filipinas e que foram reconhecidos pelos Escoteiros do Brasil por seu trabalho pela promoção da paz e da cultura.
Um final de semana rico e que com certeza ficará para sempre no coração dos praticantes!

Lista de Aprovados no Exame
Guro Lakan Tatlo (Faixa Preta & Vermelha - 3º grau - Maior graduação no Brasil):
Alessandro Lucas (RS)
Tales de Azevedo e Vasconcellos (Rio de Janeiro)

Guro Lakan Dalawa (Faixa Preta & Vermelha - 2º grau):
Adam Ainsley (Austrália)
Magno Cerqueira Sobrinho

Guro Lakan/Dayang Isa (Faixa Preta & Vermelha - 1º grau):
Felipe de Paulo (RJ) aluno direto do Guro Tales de Azevedo e Vasconcellos


terça-feira, 16 de agosto de 2016

Reação x Antecipação: mais uma pequena resenha sobre Arnis Kali (e cia.)


Baseado no artigo Reaction vs. Anticipation de Brian Johns. Que começa falando sobre o desafio que todo estudante de Kali, e de artes marciais em geral, tem para entender a diferença entre “antecipar” e “reagir”. E considera comum tentar se antecipar os movimentos do oponente, frequentemente com resultados ruins.

fonte: http://bamboospiritmartialarts.com



Para deixar mais claro, nesse caso,”antecipar” pode ser entendido o ato de observar como acreditamos que o adversário vai agir, a tentativa de prever os movimentos dele de forma objetiva e racional, agindo antes dele. Enquanto reação seria algo mais intuitivo, baseado na leitura da movimentação do adversário e na reação, algo mais reflexo e fluído, sem muito raciocínio consciente.

Se pensarmos no movimento corporal, nas manobras que praticamos, como um linguagem é possível observar que, com a experiência, o estudante vai aprendendo a “ler” essa linguagem. Porém, é preciso não apenas a prática para conseguir decodificar a linguagem corporal, também é preciso manter um certo “silêncio” mental, a calma necessária para perceber os sinais demonstrados pelo oponente e deixar os seus próprios reflexos reagirem de acordo. Nesse aspecto a antecipação seria algo como um exagero, uma tentativa de perceber e agir antes do oponente que, pode facilmente cair numa reação exacerbada e limitada em termos de opções e flexibilidade. Essa reação exacerbada (over-reaction) pode refletir nosso próprio preconceito sobre determinada situação e criar mais problema que solução.

Em essência, a diferença entre antecipar e reagir seria principalmente de modo de pensar: A antecipação envolve o consciente, a mente tensa, controle e a dureza; enquanto a reação seria algo relacionado à calma, mais flexível, inconsciente e fluído. Talvez seja por isso que várias artes marciais asiáticas prezem tanto a meditação, o controle das emoções, a concentração e a fluidez.

Por exemplo, se a situação for uma luta na academia: você pode estar acostumado a certos movimentos de um colega. Já se lembra das experiências anteriores, sabe como ele manobra e, de antemão, já está com toda a sua estratégia pronta. Basta que, nessa vez, ele resolva fazer algo diferente, como uma nova finta ou um simples mudança em seus ângulos para essas tentativas de antecipação simplesmente desabarem. Ao mesmo tempo, numa situação de luta já existe uma tendência natural a sermos menos flexíveis e nos ater apenas o que conhecemos. Assim, uma antecipação ao movimento adversário pode te expor muito mais do que espera. A mente fica presa ao operacional, fazendo uma “microadministração” do corpo, pensando em cada golpe ou esquiva. A antecipação te leva a reagir em exagero, o que demanda mais energia e acaba te tornando lento e previsível.

No aspecto físico, a reação exige muito mais treinamento que a antecipação. É preciso que os movimentos e golpes já estejam tão internalizados que não dependem mais de pensamento consciente, já teriam adentrado o reino dos reflexos, do instinto. Acredito que seja o que o mestre Dada descreve como memória muscular. Ao mesmo tempo se a mente consciente não precisa mais cuidar do operacional fica liberada para pensar num cenário mais amplo, na tática e estratégia. Em pensar em como se está lutando ou mesmo se vale a pena lutar. Essa última questão é especialmente importante numa situação de defesa pessoal, na rua.

Se a mente está mais livre e reativa seria possível usar melhor os sentidos e o corpo. Os exercícios de Balintawak apresentados pelo guro Tales no Sama-Sama de 2015 trabalham muito com o tato para entender os movimentos do adversário, algo corroborado na apresentação do guro Alessandro, no mesmo evento, quando falava do uso das mãos como “antenas” para detectar o movimento adversário. Não se trataria de antecipar, controlar os movimentos imprevisíveis do adversário, mas de entender seus movimentos e usar as oportunidades que a situação oferecer. Reagir, nesse contexto seria algo como, desapegar de idéia de controle.

Por exemplo, no meu último exame de faixa vi isso acontecer comigo na parte da luta. Numa luta anterior eu estava tão preocupado, e afobado, em atingir o adversário primeiro que perdi por ser atingido várias vezes na mão que segurava o bastão. Caí feito um pato em praticamente todas as fintas que estava tentando antecipar. Já no meu último exame de faixa eu estava consideravelmente mais seguro e calmo. Assim, na fase da luta eu não apenas consegui evitar algumas armadilhas como também criar minhas próprias sequências de contragolpe, sem planejamento, apenas deixando a situação fluir e aproveitando oportunidades que surgiram. Em outras palavras, reagindo. Em alguns casos eu mesmo só entendi certos movimentos que fiz quando vi a filmagem.

Usando um exemplo mais amplo, o autor demonstra como a antecipação e a reação exagerada podem nos colocar em problemas na rua e as reações podem resolver. Não é apenas algo aplicado ao corpo, mas também um modo de pensar. Ele contou sobre um pequeno incidente em que buzinou para um sujeito que o fechou no trânsito e, depois de ter descido do carro, o sujeito foi atrás dele questionando se ele havia buzinado. Automaticamente ele abaixou a tensão da situação ao responder que não sabia do que o sujeito estava falando. O sujeito aceitou a resposta ou simplesmente decidiu que piorar a situação não valeria a pena e foi embora. Na visão do autor, buzinar para externar a raiva desses folgados no trânsito foi uma antecipação raivosa que gerou um problema e a resposta foi uma reação calma e firme que desarmou uma provável briga de rua antes que ela começasse. Como ele disse, às vezes uma reação limitada (under-reaction) é melhor que uma reação exagerada (over-reaction). Como vi uma vez no SHTF blog: A primeira regra de sobrevivência é se manter longe de problemas.


sexta-feira, 29 de julho de 2016

Entrevista com Jonas de Oliveira

Jonas Ludwig de Oliveira é aluno do Arnis Maharlika no Rio Grande do Sul e um dos grandes exemplos que de quando se tem vontade tudo é possível! Amante das artes marciais e frequentador assíduo do Bothan de Gramado, Jonas conversou conosco para contar um pouco da sua experiência com a arte.


1- Olá! Obrigado por nos ceder a essa entrevista. Você poderia nos contar um pouco sobre o seu começo com as artes marciais?
Eu sempre fui um admirador e apaixonado por artes marciais. Meu guru, Djavan de Oliveira é um amigo de longa data, estudamos juntos o ensino fundamental. Tínhamos o mesmo gosto pelas diversas modalidades. Quando me tornei cadeirante essa paixão ficou adormecida, não tinha conhecimento se seria possível praticar alguma arte marcial.


2 - Sobre o FMA, como você conheceu essa modalidade? Como foi o seu início e o que despertou o seu interesse?
O inicio na FMA se deu através de um anuncio que o amigo e guru Djavan fez num jornal local de grande circulação, divulgando a pratica desta arte marcial na cidade. No anuncio ele especificava que qualquer pessoa poderia praticar, inclusive cadeirantes. Achei interessante e contatei ele para conhecer mais sobre a arte marcial,como era desenvolvida e se realmente uma pessoa com limitações poderia fazê-la.

3 - Você acredita que as Artes Marciais (Arnis, Taijiquan, etc) podem ser utilizadas como ferramenta de educação e transformação pessoal?
Sem dúvida que acredito. Sempre percebi como ponto forte nas artes marciais a disciplina, acima de tudo. O respeito ao próximo e ao seu conhecimento na arte. Tenho plena certeza que já é uma ferramenta de educação e transformação.

3 - Você poderia nos contar o tema da acessibilidade funciona no FMA? Quais os grandes desafios? Quais as vantagens ou pontos fortes?
Acessibilidade na FMA funciona como em qualquer outra atividade, seja ela esportiva ou não. O grande desafio é testar suas limitações e adequá-las, assim como acontece para cada pessoa, nenhuma desenvolve exatamente igual à outra. Evidente que técnicas que utilizam-se dos membros inferiores são descartadas, outras estudamos para adequar a essa especificidade, e buscamos fortalecer as demais técnicas com as mãos.

4 - Você poderia nos falar um pouco sobre o seu trabalho com o Arnis Maharlika? Como conheceu o Maharlika?
O trabalho desenvolvido no Arnis Maharlika tem me trazido diversos benefícios. Além do que se propõe a própria arte, de levar conhecimento para que possa defender sua integridade física em tempos de uma sociedade caótica, sem limites e princípios; trazendo benefícios para própria saúde na melhora do condicionamento físico, respiração etc. Conhecimento que obtive do maharlika através de conversas com o guru Djavan e posteriormente com o mestre Alessandro lucas.

5- Sobre FMA e Defesa Pessoal, qual a sua opinião?
Vejo como uma das modalidades mais eficientes nas artes marciais, principalmente se considerar a pratica por pessoas com mobilidade reduzida. Tendo em vista que as mesmas num momento de necessidade não tem como se resguardar do perigo apenas imobilizando seu agressor.

6 - Obrigado pela sua entrevista, você poderia enviar uma mensagem aos nossos leitores?
Aos nossos leitores gostaria de dizer, e principalmente aqueles que ainda não conhecem a Filipino Martial Arts que busquem maior entendimento sobre esta excelente arte marcial. Que proporciona inúmeros benefícios aos praticantes. Partindo fundamentadamente da disciplina e respeito ao próximo. Deixando também um convite as pessoas com necessidade especiais e que gostam de artes marciais para que venham fazer uma aula experimental e conhecer estes benefícios


sexta-feira, 3 de junho de 2016

Workshop Especial Defesa Pessoal para Mulheres


EVENTO EXCLUSIVO PARA MULHERES!

Acontecerá no próximo dia 25 (sábado) de Junho o Workshop Especial do Grupo Kali RIO, este dedicado a Defesa Pessoal para Mulheres.

Página Facebook do Evento:
https://www.facebook.com/events/491401667720673/?active_tab=posts

O evento acontecerá na Academia Fênix: R. Leite de Abreu, 25 - Tijuca, e será das 14:00h às 17:00h, terá 3 horas de duração (com possibilidade de extensão a 4 horas caso se faça necessário) e será ministrado pelo Instrutor Paulo J. M. Pereira.

“Entende-se em legítima defesa quem, usando moderadamente os meios necessários, repele injusta agressão, atual ou iminente, a direito seu ou de outrem”.

O workshop, com 3 horas de duração, é recomendado tanto para praticantes de disciplinas de combate quanto para pessoas sem experiência prévia no assunto.

O valor do investimento é de R$40,00.
Este é um evento especial, dedicado ao publico feminino tendo como foco a ameaça contra a mulher.

A inscrições podem ser realizadas nos polos de treino do Kali Rio ou através do e-mail: contato@kalirio.com.br

O grupo Kali Rio é membro oficial da Associação Francesa de Jeet Kune Do e Kali (AFJKD et Kali) e da C.A.B.F.S (Associação de Boxe Francês - Savate da Califórnia) no Brasil. Trabalhamos para a promoção e desenvolvimento das artes marciais de Lee Jun Fan, as Artes Marciais Filipinas e Disciplinas Associadas.

Vagas limitadas!
Garanta sua presença já!


Curso de Bastão Retrátil para Forças de Segurança em Caraguatatuba


Guro Waldevir Júnior, líder do PTTA no Brasil, estará em Caraguatatuba no dia 2 de julho para ministrar um curso de Bastão Retrátil para Forças de Segurança. Uma oportunidade imperdível!

Para maiores informações basta ligar para Paulo Beni através do telefone (21) 99195-0107


sábado, 28 de maio de 2016

Minha experiência com o Arnis Maharlika

Mabuhay!

Olá pessoal,

Antes de tudo queria me apresentar sou Felipe de Paulo e treino Arnis Maharlika aqui no Rio de Janeiro com o Guro Tales de Azevedo , sou praticante de FMA há quase 8 anos e tenho experiência em outras lutas.

Mas esse artigo, na verdade esse relato é sobre como a preparação para o exame de Lakan Isa (faixa-preta) e um entendimento mais aprofundado das FMA, em especial do Maharlika tiveram um alto impacto na minha vida.



Para isso é importante lembrar que um dos focos do sistema Maharlika é uma abordagem transversal e holística, seus criadores Shishir e Herbert Inocalla possuíam o sonho de transmitir os conhecimentos do Arnis Moderno porém sob uma nova ótica, que enxergasse o ser humano dentro de uma visão holística, em seu aspecto físico, mental e espiritual. Promovendo melhorias em todos os campos da vida, não somente uma transmissão das técnicas letais de combate.

O FMA é uma das formas de expressão marcial mais democrática, existem praticantes altos, baixos, fortes, magros, no sobrepeso, assim como até mesmos portadores de algum tipo de deficiência física conseguem se desenvolver de maneira excepcional. Ainda que atributos como agilidade, força, flexibilidade, resistência sejam importantes, o fato prático de estar armado nivela inúmeras deficiências em algumas habilidades, além disso sabemos que Kalipis mais experientes possuem reflexos e memória muscular bem acima da média, porém, ainda que seja intangível, boa parte, na verdade diria que o divisor de águas, seriam atributos mais mentais do que físicos: em especial as capacidades de enganar, estratégia, frieza emocional e agressividade.

Existem diversos treinos que aumentam tais atributos não-físicos, em especial ao começar o ensino das armas com lâminas, porém é inegável que um adequado condicionamento físico não só influencia na capacidade de luta, mas produz uma mudança mental, transformando o mindset, tendo uma postura mais segura, confiante e assertiva, Representando bem na máxima latina: mens sana in corpore sano.


Essa preocupação infundida pelo Mestre Dada de que os alunos não sejam apenas guerreiros peritos em armas, mas cidadãos úteis, conscientes da necessidade de priorizar o coletivo em detrimento da postura egoísta individualista, da consciência social, da preocupação espiritual e de fazer o bem ao próximo.

Assim que soube que estaria habilitado a prestar o exame de faixa-preta em julho de 2016, a notícia veio em outubro de 2015, comecei a intensificar os treinos, mas uma vida não muito regrada com jornadas de trabalho, fazia a faixa marrom ficar apertada numa cintura de 130kg.

Com o apoio da Georgia Bachi, minha nutricionista, e daquele que é um dos melhores do planeta no que faz, Mestre Waldemar Guimarães, treinador, montamos uma estratégia de alimentação com suplementação e treinamento com pesos, usando o MIT - Método Intensidade Total (que por si só aumenta o endurance, resiliência, forja o mindset de qualquer praticante).

Aliado a rotina do Kali, conseguimos um resultado positivo, na verdade negativo, menos 40 kilos na balança.

Isso tudo com a preocupação de praticar o Kali em sua melhor forma, não somente uma forma de passar no exame, mas como tudo aluno de artes marciais, impor um desafio interno, criar obstáculos e transpor.



Fica o relato de como as artes marciais, podem mudar a vida não apenas salvando de uma situação de risco, mas melhorado como pessoa. Ressalto que nada disso seria possível sem o apoio de todos os citados, e que todo programa de mudança corporal (perda de peso, aumento de massa magra, otimização de performance e outros) deve ser acompanhado por profissionais da área.

Fico à disposição nos contatos abaixo para trocar ideias e experiências

Felipe de Paulo

e: felipe@depaulo.com.br s: f_depaulo