Notícias sobre Filipino Martial Arts no Brasil e no Mundo

Post Top Ad

terça-feira, 26 de novembro de 2019

Entrevista Guro Marcilio PTKWF


1- Guro Marcilio, obrigado por aceitar o nosso convite para essa entrevista. Você poderia começar falando sobre você e seu começo nas artes marciais?

Pelo fato do meu pai ter sido praticante de Hapkidô(Arte Marcial Coreana),sempre fui aficionado por artes marciais, mas como muitos, acabei admirando mais o Kung Fu devido a influência do Bruce Lee,mas a primeira arte marcial que treinei, que apesar de algumas pessoas acharem ser apenas uma dança, foi a Capoeira,logo após, pratiquei Kung Fu,estilo Pak Ton Long Phai ou Louva a Deus do Norte durante quase 7 anos e depois Aikijujutsu (Arte Marcial Japonesa), arte essa que pratico até hoje e sou graduado faixa preta 3°Dan.

2- Sobre a FMA, como você conheceu esta modalidade? Como você começou e o que despertou seu interesse?

Como comentei no tópico anterior, sempre fui um aficionado por artes marciais e toda publicação que tinha relação com artes marciais,eu lia,e numa dessas publicações, descobri as FMA por intermédio do Mestre Dan Inosanto e que era amigo do Bruce Lee,e claro o interesse por facas,mas durante muito tempo, não encontrei aqui no RJ nenhum instrutor de FMA e parei de procurar,e de repente em 2011,vi uma matéria, justamente no Arte Marcial Filipina e descobri o Pekiti Tirsia Kali e comecei a pesquisar sobre,e devido algumas similaridades na parte de mãos livres com o Aikijujutsu comecei a pesquisar se tinha no Brasil, foi quando encontrei, na época Agalon,o Mandala Mickaël Dolou,com quem tive o prazer de treinar mais ou menos 4 anos.



3- Durante o mês de novembro nós tivemos o primeiro seminário da Pekiti Tirsia Kali World Federation no Rio de Janeiro. Você pode nos falar um pouso sobre o evento?

Foi um evento com ênfase no aspecto técnico da arte e principalmente na capacidade de entender o conceito aplicado no Pekiti Tirsia Kali e utilizá-lo em qualquer situação, seja com lâminas, armas de impacto, armas flexíveis ou mãos livres,no entanto, não esquecendo o principal, a capacidade de se movimentar corretamente, utilizando o footwork adequado.

4- Durante o evento você recebeu o título de Representante Oficial para o RJ. Agora quais são os próximos passos?

Sim recebi e foi uma grande honra e agora é com a grande responsabilidade que adquiri,propagar e promover o Pekiti Tirsia Kali por todo o Rio de Janeiro e trabalhar em conjunto com outros irmãos de armas para o crescimento das artes marciais filipinas e divulgação,de forma a fazer com quê as pessoas vejam os treinamentos e saibam distinguir o que é FMA de outras artes parecidas.



5- Muito obrigado pelas suas respostas! Gostaria de deixar alguma mensagem para os nossos leitores?

Eu que agradeço o seu apoio e dedicação em ajudar a todos os praticantes de FMA,independente de escola,a divulgarem seus trabalhos. Somar sempre,dividir nunca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário