Notícias sobre Filipino Martial Arts no Brasil e no Mundo

Post Top Ad

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

As "desconhecidas" Artes Marciais Filipinas - Parte I

por Guro Moyses Perillo

Introdução

O texto a seguir é produto do pensamento e da experiência pessoal de integrantes ativos da AMK – Associação Mineira de Kali, dentre os quais professores, instrutores e estudantes. A intenção deste trabalho é apresentar a você, leitor, seja qual for o seu grau de interesse por artes marciais, ainda que se resuma em simples curiosidade, o rico e interessante universo, ainda bastante desconhecido no Brasil, das chamadas Artes Marciais Filipinas e afins. Em subsequentes postagens apresentaremos, de maneira fácil e panorâmica, essas artes, conhecidas como Kali, Arnis de Mano, Eskrima, Pananandata, Pencak Silat, Bela Diri, dentre outras denominações. Tantos nomes atestam a multiplicidade de aspectos culturais, étnicos, técnicos e filosóficos e que bem refletem a complexidade humana presente no grande arquipélago e os países circunvizinhos de onde se originaram.

Milhares de ilhas, enorme variedade étnica e cultural, grande influência recíproca nas Artes Marciais

Não pretendemos que nossas palavras sejam tomadas por definições exatas, conceitos “doutrinários”, ou ensinamentos absolutos sobre a natureza ou sobre o que sejam as Artes Marciais Filipinas, uma vez que, como afirmamos acima, elas constituem um universo complexo, que comporta variadas abordagens e descrições mesmo nas bocas dos Mestres. Nosso objetivo é apenas apresentá-las, conforme as temos compreendido e vivenciado até o presente. Assim, compartilhamos com você, amigo leitor, o pouco que sabemos, não apenas com o intuito de divulgar, mas por literal amor a essas maravilhosas artes marciais ainda “misteriosas” para o público de nosso país.

Esperamos que você aprecie a leitura, e que desta leitura nasçam não apenas perguntas (que sempre serão bem-vindas), mas igualmente surja o interesse pelo que é “novo”, de maneira tal que você se sinta motivado a conhecer e, quem sabe, juntar-se a nós no aprendizado e prática dessas artes, que em nosso Estado abraçamos sob o nome Kali.

Até a próxima postagem. Boa leitura!

Mabuhay!

Nenhum comentário:

Postar um comentário