Notícias sobre Filipino Martial Arts no Brasil e no Mundo

Post Top Ad

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Resenha do Seminário do Arnis Maharlika em POA

Seminário de Defesa Pessoal Filipina reúne atletas de todo o Estado em Porto Alegre

Destacar o domínio de técnicas simples e eficientes de defesa pessoal, desenvolvendo a auto confiança, aumento da capacidade de concentração e da habilidade para tomar decisões rápidas em situações difíceis, este foi o objetivo do I Seminário de Kali Arnis Maharkila, com o mestre Filipino 9º grau, Dada Inocalla. O seminário aconteceu durante os dias 24 e 25 de novembro no Centro Estadual de Competição Esportiva (CETE), em Porto Alegre.

O seminário Kali Arnis é focado no tríplice mãos vazias, bastões e facas, com metodologia que prepara o aluno para se proteger, conquistar auto-confiança e maior qualidade de vida. Divido em duas partes, o primeiro dia do seminário foi dedicado a técnica de utilização do bastão e faca, e o segundo abordou a parte prática, com simulação de abordagens e utilização das armas brancas.

Dada Inocalla ressalta que a arte marcial é o caminho da paz. “O primeiro conceito que ensinamos é o da prevenção, de estar sempre atento para evitar o perigo. Depois vem o uso de ‘palavras mágicas’ como por favor, com licença e obrigada. Em seguida, a negociação. Nos treinamentos o aluno deve extravasar toda a sua raiva para não ter que usá-la na rua.” Conforme ele, em situações de perigo qualquer coisa pode ajudar, como uma caneta, um cinto ou uma chave.

Para o mestre em Hapkido, Alessandro Lucas Souza (5º Dan), o seminário foi voltado para os apreciadores de PERCOR (sigla para Perfurar e Cortar). “As técnicas englobam o combate de mãos vazias e com o emprego de armas brancas (facas e bastões), com as técnicas e os golpes adaptando-se livremente entre si”. Este tipo de arte é oriunda das Filipinas e tem por base equilibrar o combate, seja contra um ou mais adversários.

Praticantes dessas artes são notadamente reconhecidos por sua habilidade em lutar com armas ou desarmados intercaladamente. Organizado pelo Instituto Hwarang de Hapkido Um Yang Kwan, participaram do seminário mais de 80 atletas, de diversos municípios do Estado e do Uruguai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário