Notícias sobre Filipino Martial Arts no Brasil e no Mundo

Post Top Ad

quinta-feira, 31 de março de 2011

Kali: Um Termo Moderno do FMA

Olá pessoal! A postagem de hoje se trata de um trecho do livro Filipino Martial Culture, escrito por Mark V. Wiley, grande estudioso e praticante norte-americano de FMA. Nesse trecho, o autor fala sobre a confusão que existe a respeito do termo Kali, utilizado para designar diversas escolas de FMA. Para aqueles desejos de adquirir o livro, recomendo uma visita a sítios de livrarias estrangeiras - infelizmente não há nenhuma disponibilidade do mesmo no Brasil.

"No que diz respeito ao termo Kali ser um nome pré-hispânico das artes marciais filipinas, não é. Não há qualquer evidência histórica, antropológica ou literária que confirme a existência desse nome durante ou antes do século XVI. De fato, há grande especulação sobre o significado original do termo nas Filipinas. Placido Yambao, por exemplo, iguala o termo kali como uma abreviação de diversos termos em alguns dialetos, utilizados para designar certas modalidades marcais como pagkalikali (Ibanag), Kalirongan (pangasinan) e Kaliradnam (Visaya(Remy Presas posiciona o termo como uma derivação de arte marcial da Indonésia chamada tjakalele. Alguns clamam que o termo deriva da deusa negra hindu Kali, consorte do deus Shiva. Outros associam o termo como uma derivação do nome da espada kalis, cujo inverso seria silat (ou silak). Outros ainda associação como uma abreviação de Kalimantam (North Boneo), uma ilha onde os dez datus [N.T.: Marangatas] teriam estabelecido o Bothoan. De qualquer maneira, vários estudos históricos, antropológicos e literários efetuados com fontes "populares", afirmam que o uso do termo para designar uma modalidade marcial não surgiu antes do século XIX.

De fato, o termo se tornou popular devido aos extensos escritos sobre as artes marciais filipinas feitos por Dan Inosanto. Foi Inosanto, talvez, a maior influência para que o grande publico tomasse a correta notção do que consistiam as artes marciais filipinas e a história associada a ela. Como crédito, Inosanto estabeleceu com sucesso a existência do métodos de combate filipinos ao lado de outros populares, como os coreanos, chineses e japoneses. Entretanto, diferente dessas outras artes, a falta de material acadêmico sobre possa ter vindo a confundir o público. Ao apresentar as artes, como outros seus predecessores, Inosando escolheu uma abordagem simplista que englobasse todas as modalidades filipinas em uma única categoria, kali. Ao mesmo tempo que essa simplicidade facilitou o grande público a conhecer e a entender o FMA, ela acabou gerando uma grande confusão naqueles que tentaram reconstruir as origens e características dos vários sistemas, assim como os classificar."

Filipino Martial Culture Mark V. Wiley Tuttle Publishing, 1996

Nenhum comentário:

Postar um comentário